O que você procura?

Como aumentar a segurança do seu condomínio e também reduzir custos ?

Como aumentar a segurança do seu condomínio e também reduzir custos ?

A necessidade de reduzir custos e ao mesmo tempo manter a segurança máxima dos moradores e visitantes certamente é uma preocupação presente na rotina de todo e qualquer gestor (ou proprietário) de condomínios residenciais no Brasil.

Isso porque, apesar de vários levantamentos da Polícia Militar apontarem um crescimento significativo no número de invasões aos condomínios – principalmente nas grandes cidades -, os custos envolvidos na contratação de no mínimo quatro funcionários para manter uma portaria 24h no prédio também não param de subir.

Buscando encontrar uma solução definitiva para esse problema, muitos gestores e proprietários de condomínios ao redor do Brasil tem adotado a Portaria Remota (também conhecida no mercado como Portaria Virtual ou Portaria Inteligente).

O que é Portaria Remota?

Para aqueles que desconhecem o termo, a Portaria Remota é uma solução para gerenciamento de acesso à distância, na qual um operador remoto monitora o fluxo de pessoas na portaria e ainda realiza a ponte entre visitantes e moradores.

Por se tratar de uma tecnologia inovadora, que dispensa a necessidade de um porteiro físico na portaria do condomínio, estima-se que a redução de custos resultantes de uma Portaria Remota eficiente pode chegar à 50% em relação à portaria “tradicional”.

Isso sem falar, é claro, da comodidade e valorização dos imóveis consequentes de uma portaria mais moderna, ágil e segura para os moradores.

Como é possível aumentar a segurança de condomínios sem aumentar também os custos?

Sim, pode soar contra intuitivo afirmar que a adoção de uma tecnologia que aumenta a segurança da portaria também reduz seus custos. Contudo, vale lembrar que todas tecnologias inovadoras da nossa história foram contra intuitivas para a maioria dos seus contemporâneos.

Em outras palavras: só porque uma solução soa “improvável” não quer dizer que ela realmente seja e, na maioria das vezes, tudo o que se precisa fazer é analisá-la de um ponto de vista menos crítico e cético.

Para entender melhor, a Portaria Remota funciona da seguinte forma:

Todo morador recebe, no dia da inauguração da Portaria Remota, as chaves digitais para ter acesso ao condomínio, seja pela portaria de pedestres ou pelos portões de garagens.

– Para acesso de pedestres: o tag e o aplicativo AutomSecurity para celular;

– Para acesso de veículos: o controle remoto.

Todos os dispositivos são práticos e possuem a tecnologia anti-clonagem.

Já os visitantes, quando tocam o interfone, são imediatamente conectados a um operador remoto que, por meio de um sistema de vídeo monitoramento, consegue ver com quem ele está conversando.

Após ouvir a identificação do visitante, o operador remoto entra em contato com o morador (pelo próprio celular ou telefone fixo) e solicita a autorização do visitante.

O acesso do visitante ao condomínio só é liberado mediante autorização do morador e, como não há contato entre as pessoas externas com um porteiro físico, os riscos de rendição ou violência são reduzidas a zero com a Portaria Remota.

A Portaria Remota é realmente segura?

Na verdade, a Portaria Remota é muito mais segura que o modelo de portaria tradicional.

O primeiro motivo é o mais óbvio: porteiros são pessoas e, como qualquer ser humano, estão suscetíveis aos erros decorrentes de cansaço, distração e preguiça.

O segundo, como já citamos, é o fato de que na Portaria Remota não existe contato físico entre porteiro e pessoas externas, evitando rendições, violências e até invasões orquestradas pelos próprios porteiros.

O terceiro motivo, mas não menos importante, é que 90% das invasões aos condomínios são feitas através da portaria principal – e não de acessos alternativos ou muros, como a maioria das pessoas imaginam.

Ou seja, investir numa portaria que realmente funcione é muito mais efetivo (em termos de segurança e custo) do que investir grandes valores em muros, cercas elétricas ou outros dispositivos de segurança eletrônica periférica.

Por onde começar?

Para gestores ou proprietários interessados em adotar a Portaria Remota como solução definitiva para manter a segurança e reduzir os custos do condomínio, o primeiro passo é solicitar uma análise técnica de alguma empresa especializada.

Na AutomSecurity, por exemplo, todas as análises e orçamentos levam em consideração os objetivos e necessidades únicas de cada cliente – inclusive disponibilidade de recursos financeiros.

Entendemos que cada condomínio é único e, por isso, um projeto que funcione bem para um não irá necessariamente ter os mesmos resultados para outro condomínio.

Como aumentar a segurança do seu condomínio e também reduzir custos ?
5 (100%) 1 vote